Como reajustar o sono das crianças na volta às aulas

O período de volta às aulas vem se aproximando, e com ele, o desafio de readaptar as rotinas das crianças a um horário mais regularizado de sono. A qualidade do sono desempenha um papel crucial no desenvolvimento cognitivo e no desempenho acadêmico dos pequenos. 

Por isso, neste artigo, iremos explorar algumas dicas práticas para reajustar o sono das crianças, da forma mais eficiente e saudável possível. 

 

A importância do sono para o desempenho acadêmico 

A relação entre sono e aprendizado é inegável. Estudos mostram que crianças que têm um sono adequado apresentam melhorias significativas na concentração, memória, habilidades de resolução de problemas e criatividade. 

O sono desempenha um papel vital na consolidação da informação adquirida durante o dia, ajudando as crianças a assimilarem e processarem o conhecimento de maneira mais eficaz.

No entanto, muitas vezes, a transição das férias para a rotina escolar pode desencadear distúrbios no sono, prejudicando o desempenho acadêmico. É nesse contexto que surge o desafio de reajustar o sono das crianças, assegurando que elas tenham noites tranquilas e restauradoras para encarar cada dia de aula com energia e entusiasmo.

Confira as dicas que preparamos para lhe ajudar, papai ou mamãe, neste momento tão delicado e importante. 

 

Estabelecimento de rotinas saudáveis

O estabelecimento de rotinas saudáveis é um dos pilares fundamentais para garantir um horário de sono adequado durante o período de volta às aulas. 

Crianças, assim como adultos, se beneficiam de horários regulares de sono, contribuindo para a estabilidade do relógio biológico e promovendo uma melhor qualidade de vida. Aqui estão algumas sugestões práticas para implementar rotinas consistentes:

Horário fixo para dormir e acordar: estabeleça um horário – ou média de horário – consistente para que as crianças vão para a cama e acordem, mesmo nos fins de semana. Isso ajuda a sincronizar o relógio biológico, facilitando o processo de adormecer e acordar no horário programado.

Rituais de relaxamento: introduza rituais antes de dormir, como a leitura de um livro, ouvir uma música suave ou praticar exercícios de relaxamento. Essas atividades ajudam a sinalizar para o corpo que é hora de se preparar para o sono.

Limitação de telas eletrônicas: evite o uso de dispositivos eletrônicos, como smartphones e tablets, pelo menos uma hora antes de dormir. A luz azul emitida por esses aparelhos pode interferir na produção de melatonina, o hormônio responsável pelo sono.

 

Crie um ambiente propício ao descanso

Além das rotinas saudáveis, o ambiente em que as crianças dormem desempenha um papel crucial na qualidade do sono.

Escolha do colchão adequado: garanta que o colchão seja confortável e adequado à idade da criança. Aqui, nós temos uma variedade de opções, que proporcionam o suporte adequado para o desenvolvimento físico e garantem um sono reparador. -> Clique aqui para conferir! 

Controle da temperatura: mantenha o quarto a uma temperatura agradável, geralmente entre 18°C e 22°C. Certifique-se de que as roupas de cama sejam adequadas à estação, proporcionando conforto térmico.

Ambiente escuro e silencioso: utilize cortinas blackout para bloquear a luz externa e minimize ruídos no ambiente. Um quarto escuro e silencioso contribui para um sono mais profundo e revitalizante.

Despersonalização do espaço: o quarto deve ser associado ao descanso e ao sono. Evite transformá-lo em um local de estudo ou atividades estimulantes. Isso ajuda a criar uma associação mental entre o ambiente e o repouso.

 

Limitação do tempo de tela antes de dormir

A luz azul emitida por dispositivos eletrônicos, como smartphones, tablets, televisões e computadores, pode impactar negativamente o ciclo do sono, afetando produção de melatonina, o hormônio regulador do sono.

 

Impacto da luz azul nas telas dos dispositivos no ciclo do sono

A luz azul é conhecida por suprimir a produção de melatonina, o que dificulta a transição para um estado de sono profundo. Esse fenômeno pode resultar em dificuldades para adormecer, além de prejudicar a qualidade do sono ao longo da noite. 

No contexto da volta às aulas, onde o descanso adequado é crucial para o desempenho acadêmico, é ainda mais essencial abordar esse desafio.

 

Dicas para estabelecer limites de tempo de tela antes de dormir

Defina um horário limite: estabeleça um horário específico, pelo menos uma hora antes do horário de dormir, para desligar todos os dispositivos eletrônicos. Isso permite que o cérebro da criança comece a se preparar para o sono sem a interferência da luz azul.

Introduza atividades relaxantes: substitua o tempo de tela por atividades relaxantes, como leitura de um livro físico, ouvir música suave ou praticar técnicas de relaxamento. Essas práticas ajudam a acalmar a mente e preparar o corpo para o descanso.

Estabeleça um espaço sem telas no quarto: evite a presença de dispositivos eletrônicos no quarto das crianças. Isso não apenas limita o acesso às telas antes de dormir, mas também contribui para a criação de um ambiente propício ao sono.

Compartilhe conhecimento: explique às crianças os efeitos da luz azul na qualidade do sono. Conscientizar sobre a importância de limitar o tempo de tela antes de dormir pode motivar a cooperação na implementação dessas práticas.

 

Atividades físicas

Promover a prática regular de atividade física é uma estratégia valiosa para garantir um sono saudável em crianças durante o período de volta às aulas.

A relação entre exercício físico e qualidade do sono é clara, e nós destrinchamos a importância desse equilíbrio para o desenvolvimento integral das crianças.

 

Exercício físico regular na promoção de um sono saudável

Quando as crianças se envolvem em atividades físicas regularmente, experimentam benefícios significativos para o sono. Algumas das maneiras pelas quais o exercício contribui para um sono saudável são:

Redução do estresse e da ansiedade: o exercício libera endorfinas, substâncias químicas que promovem o bem-estar emocional e reduzem o estresse e a ansiedade, fatores que podem interferir no sono.

Gasto de energia: atividades físicas ajudam as crianças a gastar energia acumulada ao longo do dia, o que pode resultar em um sono mais profundo e restaurador.

Melhoria do ritmo circadiano: o exercício regular pode contribuir para a regulação do relógio biológico, facilitando a adaptação aos horários de sono regulares.

 

Sugestões de atividades físicas adequadas para crianças

Brincadeiras ao ar livre: incentive atividades ao ar livre, como jogos, corridas e piqueniques. A exposição à luz natural durante o dia também é benéfica para regular o ritmo circadiano.

Esportes em grupo: a participação em esportes em equipe não apenas promove a atividade física, mas também estimula o desenvolvimento social e emocional das crianças.

Aulas de dança ou atividades artísticas: atividades que combinam movimento físico, música e expressão criativa podem ser uma maneira divertida e eficaz de incentivar o exercício.

Caminhadas em família: programas de caminhada em família são uma excelente maneira de unir a prática de atividade física ao convívio familiar, promovendo laços afetivos e saúde ao mesmo tempo.

 

Comunicação aberta

A comunicação aberta é essencial na compreensão das possíveis preocupações ou ansiedades que as crianças podem ter em relação ao retorno às aulas.

Estabelecer canais eficazes de comunicação entre pais, responsáveis e as próprias crianças é essencial para criar um ambiente de apoio e compreensão. Aqui estão algumas orientações sobre como incentivar essa comunicação aberta:

 

  1. Crie um ambiente confortável: garanta que a criança se sinta à vontade para expressar seus sentimentos. Escolha momentos tranquilos para conversas, proporcionando um ambiente seguro e acolhedor.

 

  1. Demonstre empatia: ao abordar temas sensíveis, mostre empatia e compreensão. Valide os sentimentos da criança, reconhecendo que suas preocupações são legítimas.

 

  1. Faça perguntas abertas: utilize perguntas que incentivem respostas elaboradas, em vez de respostas simples de “sim” ou “não”. Isso permite que a criança compartilhe mais sobre seus pensamentos e sentimentos.

 

  1. Participe ativamente: esteja presente durante as conversas, ouvindo com atenção e demonstrando interesse genuíno. Mostre que as preocupações da criança são importantes e que você está disposto a ajudar.

 

  1. Estabeleça uma rotina de conversas: agende regularmente momentos para discutir como a criança está se sentindo em relação à escola. Isso cria um padrão de comunicação aberta e fortalece o vínculo emocional.

 

  1. Use ferramentas criativas: para crianças mais jovens ou aquelas que podem ter dificuldade em expressar verbalmente suas emoções, use ferramentas criativas, como desenhos ou histórias, para facilitar a comunicação.

 

  1. Incentive a expressão de preocupações: expresse a importância de compartilhar preocupações e ansiedades. Mostre que a comunicação aberta é uma ferramenta poderosa para lidar com desafios e encontrar soluções.

 

  1. Envolva os professores: promova uma comunicação aberta entre os pais, professores e a criança. Essa colaboração pode proporcionar uma compreensão mais abrangente das preocupações da criança e permitir a implementação de estratégias de apoio tanto em casa quanto na escola.

 

Sono em dia, desenvolvimento a todo vapor! 

Implementando as sugestões apresentadas, os pais e responsáveis irão desempenhar um papel ativo no estabelecimento de rotinas saudáveis do sono, proporcionando um retorno à rotina tranquilo.

No entanto, entendemos que cada criança é única, e a abordagem para o reajuste do sono pode variar. Portanto, incentivamos os pais a implementarem gradualmente essas sugestões, adaptando-as às necessidades individuais de seus filhos. 

Monitore os resultados e esteja atento às mudanças no padrão de sono, humor e desempenho acadêmico.

Permanecemos à sua disposição para oferecer suporte e orientações adicionais sobre como escolher o colchão ideal para as necessidades específicas de cada criança.

> Clique aqui e fale com um especialista perto de você! 

Lembre-se de que o sono desempenha um papel crucial na jornada educacional e no bem-estar geral das crianças. 

Muito obrigado por nos acompanhar ao longo deste artigo e esperamos que essas informações sejam úteis para criar um ambiente propício ao sono das crianças durante o retorno às aulas.

Compartilhar:

Posts Relacionados:

Promoções personalizadas, descontos exclusivos e conteúdos do sono!

Preencha o formulário e receba na sua caixa de entrada.