Remédio para dormir? Conheça os riscos de tomar medicamentos para induzir ao sono!

Nas horas de desespero causadas por noites mal dormidas, muitas pessoas recorrem a medicamentos e suplementos para tentar garantir um sono tranquilo… 

No entanto, este pode ser um grande erro! Antes de mais nada, é preciso compreender os riscos associados a esses produtos para de adotá-los como uma possível solução. 

Então, hoje, exploraremos desde os efeitos colaterais de medicamentos, como o Zolpidem, até as limitações de suplementos como a melatonina.

 

O perigo escondido nos medicamentos para dormir

O Zolpidem, um medicamento comumente prescrito para insônia, pode trazer uma série de efeitos colaterais preocupantes. 

Segundo o psiquiatra Bruno Brandão, o uso deste medicamento pode levar a estados de amnésia, esquecimento, delírio e até paranoia. 

Além disso, há um risco significativo de dependência. “A pessoa começa tomando um comprimido por dia e, com o tempo, pode acabar precisando de doses cada vez maiores para conseguir dormir”, explica o especialista. O grande risco é que, ao interromper o uso, o indivíduo pode enfrentar crises de abstinência severas.

Além do Zolpidem, existem outros medicamentos utilizados para induzir ao sono que também podem ter efeitos colaterais indesejáveis ou riscos à saúde:

→ Benzodiazepínicos: medicamentos como diazepam (Valium), lorazepam (Ativan) e alprazolam (Xanax) são frequentemente prescritos para tratar a ansiedade, mas também são usados para promover o sono. Embora possam ser eficazes a curto prazo, eles carregam um alto risco de dependência e podem causar efeitos colaterais como sonolência diurna, confusão mental, e dificuldades de coordenação motora.

→ Antidepressivos: alguns medicamentos antidepressivos, como trazodona e doxepina, são utilizados para tratar insônia, especialmente quando ela está associada à depressão. No entanto, esses medicamentos podem causar efeitos colaterais, como boca seca, tontura, ganho de peso e até alterações no ritmo cardíaco.

→ Antipsicóticos: em casos raros, medicamentos antipsicóticos de baixa dose são prescritos para tratar insônia em pessoas que não respondem a outros tratamentos. Esses medicamentos, como quetiapina, podem ter efeitos colaterais significativos, incluindo ganho de peso, diabetes, e movimentos musculares involuntários.


Melatonina: suplemento natural, mas nem sempre solução

Apesar de ser um hormônio naturalmente produzido pelo nosso corpo, a melatonina, quando tomada como suplemento, apresenta suas próprias limitações e riscos. 

No Brasil, a melatonina é autorizada apenas como suplemento alimentar, e não como medicamento. Isso significa que, embora possa ajudar a iniciar o sono, não necessariamente vai manter a pessoa dormindo durante toda a noite.

Laura Shane-McWhorter, professora do Departamento de Farmacoterapia da Universidade de Utah, alerta que o suplemento deve ser evitado por pessoas com condições específicas, como epilepsia, doenças autoimunes ou mulheres que estão tentando engravidar. Além disso, caso a insônia seja comportamental, a interrupção do uso da melatonina pode levar ao retorno dos problemas de sono.

 

Compreendendo e tratando a insônia

Antes de recorrer a qualquer tipo de medicamento ou suplemento, entenda as causas subjacentes da insônia e tome uma decisão mais embasada. 

Muitas vezes, a dificuldade para dormir é apenas um sintoma de outros problemas, como ansiedade ou depressão. O tratamento eficaz desses transtornos pode eliminar a insônia sem a necessidade de medicação adicional.

Para tratar a insônia de maneira sustentável, o Dr. Brandão sugere ajustar hábitos de vida que, muitas vezes estão em nosso cotidiano, mas são extremamente nocivos: ficar no quarto o dia inteiro, cochilar durante o dia, ter pouco contato com a luz, tomar café em excesso e ter contato com telas (como TV e celular) próximo ao horário de dormir.

Nos baseando nestes hábitos, destrinchamos algumas práticas positivas para combater a insônia naturalmente:

 

  1. Evitar cochilos durante o dia: embora um curto cochilo possa ser revitalizante para alguns, para aqueles que lutam com a insônia, dormir durante o dia pode tornar mais difícil adormecer à noite. Limitar os cochilos ou evitá-los completamente irá ajudar a consolidar o sono noturno.

 

  1. Reduzir a ingestão de cafeína: a cafeína é um estimulante conhecido que pode perturbar seu ciclo de sono, especialmente se consumida nas horas que antecedem o horário de dormir. Tente limitar o consumo de cafeína à manhã e começo da tarde, e considere alternativas descafeinadas à medida que o dia avança.

 

  1. Minimizar o uso de telas antes de dormir: a luz azul emitida por telas de dispositivos eletrônicos pode interferir na produção de melatonina, o hormônio que sinaliza ao seu corpo que é hora de dormir. Faça um esforço consciente para desligar dispositivos eletrônicos pelo menos uma hora antes de ir para a cama, optando por atividades relaxantes que não envolvem telas, como ler um livro ou ouvir música suave.

 

  1. Expor-se à luz natural: a exposição à luz natural durante o dia pode ajudar a regular seu relógio biológico e melhorar seu sono à noite. Tente passar algum tempo ao ar livre todos os dias, mesmo que seja apenas uma curta caminhada pela manhã ou um momento relaxante sob o sol da tarde.


Alternativas saudáveis para uma boa noite de sono

Para aqueles que buscam uma alternativa segura e eficaz para melhorar a qualidade do sono, a Passalacqua Colchões oferece soluções que podem ajudar. Investir em um colchão de alta qualidade, que proporciona o suporte e conforto necessários, é  um passo significativo para noites mais tranquilas e revigorantes. Colchões bem projetados podem ajudar a melhorar a postura durante o sono e, por consequência, reduzir interrupções noturnas.

Além disso, é claro que preparamos algumas dicas para otimizar ainda mais sua rotina de sono. Confira! 

 

→ Estabeleça um “ritual de desligamento” noturno: cerca de 30 minutos antes de dormir, comece um ritual que seu corpo reconhecerá como sinal para desacelerar. Isso pode incluir escrever rapidamente em um diário para tirar as preocupações da cabeça, fazer uma lista de tarefas para o dia seguinte para evitar preocupações noturnas, ou praticar uma série curta de alongamentos leves para relaxar os músculos.

→ Use aromaterapia: introduza a lavanda, conhecida por suas propriedades relaxantes, em sua rotina noturna. Colocar algumas gotas de óleo essencial de lavanda em um difusor no quarto ou aplicar um bálsamo de lavanda nos pulsos pode ajudar a acalmar a mente e preparar o corpo para o sono.

→ Personalize seu espaço de sono: ajuste a iluminação do seu quarto para uma luz suave e quente nas horas antes de dormir. Lâmpadas com temperatura de cor ajustável ou o uso de abajures com lâmpadas de baixa potência podem criar um ambiente mais relaxante, contribuindo para um melhor início de sono.

→ Técnica de respiração “4-7-8”: pratique a técnica de respiração “4-7-8” para induzir a calma. Inspire pelo nariz contando até quatro, segure a respiração por sete segundos e expire lentamente pela boca contando até oito. Repita este ciclo quatro vezes. Esta técnica ajuda a reduzir a ansiedade e preparar seu corpo para dormir.

 

Que tal pensar mais uma vez antes de tomar remédios para dormir?

Enquanto os remédios para dormir podem oferecer uma solução rápida para a insônia, eles não estão livres de riscos, pelo contrário! Eles podem, de fato, complicar a situação a longo prazo. 

Por isso, considerar alternativas naturais e ajustes no estilo de vida, juntamente com investimentos em produtos de qualidade para o sono, como os oferecidos pela Passalacqua Colchões, pode ser o caminho mais seguro e saudável para conquistar o descanso noturno que você merece.

Vale destacar que a nossa principal recomendação é a procura por um médico que poderá diagnosticar a sua situação específica e indicar o tratamento mais adequado. Este artigo busca iluminar os riscos potenciais e sugerir soluções caseiras, práticas e seguras para aqueles que lutam para encontrar uma noite de sono reparadora. 

Se você quiser algo ainda mais prático, pode conferir o nosso artigo que lhe fará dormir antes que você chegue ao final dele. Não acredita!? Então, clique aqui e confira! 

> Você também pode conferir muitos outros conteúdos completos que lhe ajudarão a superar os desafios para dormir à noite em nosso blog. 

> Clique aqui para e teste a qualidade dos nossos produtos na Passalacqua mais perto de você! 

Compartilhar:

Posts Relacionados:

Promoções personalizadas, descontos exclusivos e conteúdos do sono!

Preencha o formulário e receba na sua caixa de entrada.